Actividades na Creche


********************************************************


Os bebés e as crianças pequenas estão sempre dependentes do contacto humano, de se lhes falar, da atenção que lhes dá e da ternura com que recebem.
Os amplos processos de aprendizagens que se realizam nesta fase da vida, só podem ser accionados no calor seguro de uma relação harmoniosa entre pais, educadoras e crianças.
Por isso é muito importante:

»» Habituação ao contacto e necessidades de contacto através da proximidade corporal, carícias sempre repetidas de olhar para ela, conversar com ela, bem como a sua integração no mundo das coisas.
»» Educação da audição e da atenção através de sons barulhentos (vozes, campainhas, pandeiretas, etc.) que mais tarde virão em direcções diferentes, com alturas e sequências de sons diferentes. Estimulação da própria produção de ruídos (bater palmas, sons de roca, etc.)
»» Educação da visão e da atenção através de estímulos luminosos e em movimento, através de objectos com formas simples e cores nítidas (bolas, rocas, etc.), para isso é conveniente limitarmo-nos a poucos objectos que mostraremos muitas vezes. Mais tarde poderemos acrescentar outros objectos mais pequenos, bem como imagens simples.
»» Exercícios de movimentos bucais, sucção, lombar, mastigar (mais tarde, quando se dão alimentos sólidos) e igualmente fazer brincadeiras com sopro.
»» Ensinar a apalpar, mexendo em vários objectos com a mão (ao principio será conduzida).
»» Exercícios para a movimentação das mãos, com estimulação para agarrar, dar a mão, bater palmas, dizer adeus, bater à porta, atirar uma bola, fazer construções, chapinhar, atirar com coisas, fazer brincadeiras simples com os dedos, etc.
»» Educação para a movimentação do corpo, levando os movimentos espontâneos a adaptarem-se a um dado ritmo com uma pandeireta cantando; rastejar, rebolar-se, endireitar-se, pôr-se em pé, andar de mão dada. A articulação da criança através dos exercícios de “ginástica” rítmica tem uma importância muito especial.
»» Preparar a capacidade de comunicação da criança chamando-a pelo seu nome próprio, dizendo-lhe palavras ternas, dizendo o nome das pessoas e coisas e falando-lhe incansavelmente durante todas as actividades.
»» Estímulo para fazer ritmos: em conjunto e para cantar sons e melodias. “Ensinar” a criança progressivamente a empregar palavras determinadas para exprimir os seus desejos, ao pedir determinado objecto, repetindo incansavelmente as palavras e tendo as reacções apropriadas.
»» Habituar a criança a pouco e pouco a beber pelo seu copo e a comer com a colher.
»» Habituar a criança a ter um determinado ritmo de vida.
»» Fazer surgir e aprofundar estímulos emocionais, como alegria, confiança, bem-estar, etc. dando à criança possibilidade de fazer experiências, exteriorizando sentimentos, deixando-a participar e aprovando os seus esforços.
»» Tudo o que se faça terá sempre que ser adaptado à maneira de ser da criança.
»» Mostrar à criança como se faz, fazê-la colaborar e estimular a sua participação e iniciativa.
»» Todas as capacidades adquiridas devem ser incansavelmente exercitadas e repetidas. Tudo o que queremos “ensinar” de novo deverá ser incorporado somente através de pequenos passos.
»» Todas as “ordens” que se dão, bem como os estímulos de aprendizagem deverão ser simples, calmos mas enérgicos.
»» É muito importante que a criança conheça e brinque com objectos que há em todas as casas (tigelas, colheres de pau, molas de roupa, botões, papéis, etc.).
»» Além disto são necessários materiais como bolas, argolas para morder, bonecos de pano laváveis, cestinhos, bolsas, livros de imagens e mais da vida de todos os dias.



*******************************************************************



7 comentários:

Mara disse...

Ai que fiquei tão contente por ver este tópico sobre a creche. :D
Beijinhos e continua com bom trabalho

Anónimo disse...

Este blog está simplesmente espectacular. Parabens. Eu também sou educadora da creche e adoro partilhar. Vou mandar-te alguns trabalhos que fiz.
Beijinhos e obrigada pelo trabalho fantástico.

Silvia e Manel disse...

Parabens pelo blog. Está fantástico.

Anónimo disse...

Ola adorei o teu blog gostava que me podese audar começei agora a estagiar e gostaria de saber o que osso fazr com criançs com estas faixas ectárias

Anónimo disse...

[url=http://www.kfarbair.com][img]http://www.kfarbair.com/_images/_photos/photo_big8.jpg[/img][/url]

בית מלון [url=http://www.kfarbair.com]כפר בעיר[/url] - שלווה, [url=http://www.kfarbair.com/about.html]חדרים[/url] מרווחים, אינטימיות, [url=http://kfarbair.com/services.html]שקט[/url] . אנו מציעים שירותי אירוח מיוחדים גם ישנו במקום שירות חדרים המכיל [url=http://www.kfarbair.com/eng/index.html]סעודות רומנטיות[/url] במחירים מיוחדים אשר יוגשו ישירות לחדרכם.

לפרטים אנא גשו לאתר האינטרנט שלנו - [url=http://kfarbair.com]כפר בעיר[/url] [url=http://www.kfarbair.com/contact.html][img]http://www.kfarbair.com/_images/apixel.gif[/img][/url]

Daniela Fernandes disse...

Olá... Desculpa a invasão mas achei super interessante as ideias e os trabalhos expostos... e acho que eras uma pessoa que me podia dar algumas linhas orientadoras, para um trabalho que tenho de fazer e ja vi que tive a mesma ideia que tu. Eu estou no ultimo ano do meu curso, Tecnico de Apoio á Infancia e vou trabalhar com crianças de 2 anos... e ao inicio fez-me um pouco de confusão...mas agora confesso que me deste muitas ideias... vou passando por aqui. Como posso entrar em contacto contigo?

Beijinhos Parabens pelo Excelente trabalho...

Anónimo disse...

ola:)
estou a tirar uma curso, ainda no 12ºano relacionado com isto. Gostaria que me desse algumas sugestões de actividades, uma vez que tenho um trabalho de extrema importância sobre isto .

Quando puder responda-me . Beijinho